terça-feira, 3 de agosto de 2010

A VOZ (MELÓDICA) DO POLVO

Como diria o colaborador Fábio Bianchini: "a naba de fazer O Mundo Delirou é que o mundo sempre supera nossa imaginação mais delirante".

O Whiplash de hoje nos prova que a sentença acima é a mais pura verdade, ainda mais quando percebemos que a humanidade mergulhou geral na Era de Aquarius:


O molusco, depois de fazer corpo mole, pensou bem e topou o projeto.


Além de prever os resultados da Copa, o Polvo Paul irá cantar, gravar, mixar, produzir e vender seu próprio disco, afinal ele já previu que será um sucesso.

Para quem não sabe, a escolha do Rei do Rock foi minuciosa. Além da imagem de Elvis, foram oferecidas para escolha do polvo fotos de outros talentos vocais da humanidade: Roberto Justus, Sônia Rocha, Rei Pelé, Ana Maria Braga, Gilberto Barros, Sandy, Joelma, Bob Dylan, Latino, Maurício Manieri e Armandinho.

A grande final, como era de se esperar, ficou entre o americano e a Diva Sônia Rocha. Foi uma disputa difícil. Horas de indecisão e reflexão. A seriedade do resultado ainda é contestável, mas garantiu o CD:

Segundo o polvo este será um CD produzido a oito mãos: fará tudo sozinho.

 
Se a moda pega, em Floripa teremos os discos: "O Baiacu de Cacupé canta Dazaranha - ao vivo no Sesc" e "A Tainha da Barra Canta Valdir Agostinho - ao vivo na Lagoa" (no festival salgados e salobros).

--

2 comentários:

  1. Injustiça. Esse polvo nunca ouviu Mekron?

    ResponderExcluir
  2. Imagine só "Nostalgia" na voz do Polvo. Que beleza.

    ResponderExcluir